Quarta, 12 de Junho de 2024 22:49
Anúncio
Dólar comercial R$ 5,4 -0.135%
Euro R$ 5,84 -0.144%
Peso Argentino R$ 0,01 -0.148%
Bitcoin R$ 390.178,6 -0.089%
Bovespa 119.936,02 pontos -1.4%
Brasil Geral

Sefa e PRF apreendem 40 toneladas de soja sem nota fiscal

No mesmo município, foram apreendidas mais de 2,3 mil chaleiras elétricas importadas da China e que tinham como destino Belo Horizonte (MG)

07/06/2024 22h08
Por: Redação Fonte: SECOM PA
Sefa e PRF apreendem 40 toneladas de soja sem nota fiscal

Operação conjunta entre servidores da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), lotados na Unidade de Controle de Mercadorias em Trânsito do Itinga, e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) resultou na apreensão de 40 toneladas de soja que viajavam sem nota fiscal, no último dia 26. O valor da mercadoria é de R$ 70.640,70. A apreensão ocorreu no município de Dom Eliseu.

Continua após a publicidade

“O caminhão transportador, oriundo de uma fazenda em Dom Eliseu com destino a um silo na BR-222, foi parado pela PRF e, pela falta de documentário fiscal, foi acionada a Sefa. O veículo foi encaminhado ao posto fiscal e levado para a balança de pesagem. Foi lavrado Termo de Apreensão e Depósito (TAD) no valor de R$ 24.159,11", informou o coordenador da unidade Sefa em Itinga, Gustavo Bozola.

Mercadoria chinesa - No sábado (25), também na unidade fazendária do Itinga, foram apreendidas 2.384 chaleiras elétricas vindas de Marituba com destino a Belo Horizonte (MG).

Continua após a publicidade
Entre para os nosso grupo de Whatsapp (CLIQUE AQUI PARA ENTRAR) e receba notícias diariamente.
Entre para o nosso grupo do Telegram (CLIQUE AQUI PARA ENTRAR) e receba notícias diariamente.

"Foi apresentada nota fiscal da mercadoria, porém com valor muito abaixo do mercado, o que levou a fiscalização a fazer a vistoria física e conferência da carga, quando foram identificadas 2.384 chaleiras importadas da China. As mercadorias estavam subfaturadas, constando, na nota fiscal, com valor unitário de R$ 14,51”, disse o coordenador da unidade. 

O documento fiscal foi desconsiderado pela fiscalização, tendo seu valor arbitrado com base em pesquisa de preços de similar nacional, conforme determina a legislação, no valor total de R$ 166.641,60 e lavrado o Termo de Apreensão e Depósito no valor total de R$ 9.506,50.

Continua após a publicidade

É a segunda apreensão, em menos de uma semana, da mesma empresa, por motivo de subfaturamento. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias